USP oferece cursos gratuitos e on-line na área de humanidades

A Universidade de São Paulo (USP) abriu no início desta semana inscrições para os cursos de inverno on-line na área de humanidades. Serão 66 cursos, com 4.985 vagas, organizados pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da universidade. A oportunidade é gratuita e aberta ao público maior de 18 anos, não precisando ser aluno da USP.

As vagas são limitadas e as inscrições serão realizadas por sorteio, independentemente da ordem de inscrição. Os 66 cursos foram divididos em cinco grupos e as datas para inscrição variam de acordo com esses grupos, até 5 de agosto.

Os cursos estão divididos em quatro grupos temáticos, sendo “Estudos filosóficos, históricos e geográficos”, “Estudos linguísticos e de tradução”, “Estudos literários” e “Estudos de antropologia, política e sociedade”. Os temas são relacionados às linhas de pesquisas estudadas nos 23 programas de pós-graduação da faculdade.

Entre os assuntos abordados nos cursos, estão crise política, direitos humanos, economia, LGBTQIA+, moda, movimentos sociais, música, racismo, sexualidade. Além disso, os interessados poderão estudar sobre obras e autores da literatura africana, alemã, brasileira, indígena, infantil e juvenil, japonesa, latino-americana, russa, entre outras.

As inscrições para participar do sorteio devem ser feitas pelo site do Sistema Apolo, onde o interessado deverá selecionar a unidade “Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (São Paulo)”. Com isso, aparecerão os cursos disponíveis para inscrição naquela data específica.

A universidade recomenda que o processo de inscrição seja feito pelo computador, porque alguns dispositivos de celulares ou navegadores de internet não conseguem completar a inscrição no sistema. Os sorteados estarão diretamente matriculados, não sendo preciso entrar em contato para confirmação, apenas esperar o contato dos ministrantes dos cursos por e-mail.

As aulas começam a partir de 10 de agosto, de acordo com o curso escolhido, e os alunos que tiverem 75% de frequência mínima receberão certificados de conclusão. (Camila Boehm/Agência Brasil – Foto: George Campos/Jornal da USP/Direitos reservados)