Um olhar sobre o amanhã

Em meados de julho de 2019 Mairiporã ingressou no seleto grupo de municípios que rompeu a barreira dos 100 mil habitantes. Se por um lado é sinal de que a cidade tem atrativos a quem deseja morar ou trabalhar aqui, de outro é um desafio que se impõe a todos os segmentos, pois amplia a complexa engrenagem de problemas e como solucioná-los.

A chegada do novo governo municipal em janeiro deste ano veio carregada de esperança depois de administrações ruins, repetitivas e sem criatividade. Mairiporã retrocedeu no tempo com prefeitos que nunca foram administradores, mas apenas políticos, e ainda assim populistas, sem visão das necessidades sócio econômicas da sua população.

Com a eleição de Aladim, o foco mudou e além da saúde, a economia tem recebido especial atenção, pois é a mola propulsora do progresso e requer prioridade para alavancar a geração de emprego e renda.

Em apenas seis meses várias foram as conquistas no setor econômico, como o surgimento de novas empresas e MEIs, aumento na arrecadação de tributos, fatores que revelam a confiança dos contribuintes, além da implementação de leis de incentivos fiscais para novas empresas e aquelas que desejam ampliar seus negócios.

Mesmo enfrentando a pandemia do coronavírus, o prefeito e sua equipe sabem que o momento é o de olhar para o amanhã, construí-lo, dotá-lo da infraestrutura necessária e ofertar melhores condições de vida à sua gente. Em síntese, é hora de fabricar futuro.

Com as atenções voltadas para o setor econômico, a expectativa é que o prefeito também acelere o desenvolvimento tecnológico, o turismo, o planejamento urbano, ferramentas essenciais para o avanço de Mairiporã na busca de se tornar um polo competitivo.

Mesmo com apenas seis meses, Aladim conseguiu estancar a mediocridade de administrações anteriores, planejar eixos estratégicos para promover um desenvolvimento econômico sustentável e partir da visão da sociedade para traçar um plano que fortaleça todos os segmentos.

Essa visão é um estímulo para que as instituições e lideranças se organizem na busca de recursos e parcerias para a construção de um município ainda melhor para se viver.