Trabalho da área da Saúde no combate a dengue tem resultados positivos

A Secretaria Municipal de Saúde, através das equipes da Vigilância em Saúde Ambiental/Controle de Vetores, continua realizando excelente trabalho no combate à dengue, com vistorias diárias, rotina casa a casa, ações educativas e a capacitação dos servidores. O foco é a prevenção, cujas ações mostram resultados importantes, com o registro baixo de casos, autóctones e importados, e nenhuma vítima fatal.

Nos três primeiros meses deste ano, foram 4 casos confirmados, dos quais 3 importados (2 em janeiro e 1 em março) e apenas 1 autóctone, em janeiro.

Atividades – Desde janeiro a Vigilância desenvolve o trabalho de avaliação larvária em diversos bairros, e intensificou visita a imóveis nos bairros Parque Náutico, Jardim Capoavinha, Jardins Lúcia I e II, São Vicente e os Jardins Bela Vista e Pereira (Terra Preta).

Nas chamadas ações de rotina, também nos três meses deste ano, efetuou ações de avaliação de densidade larvária, bloqueio e controle de criadouros e investigação in loco de provável infecção. Em todo esse período os trabalhos ocorreram nos bairros Jardim Celeste, Jardim Spada, Jardim Lúcia I e II, Barreiro, Parque do Moinho, Centro, Mato Dentro e Parque Náutico. Algumas dessas ações englobaram bairros da região urbana e periferia de Mairiporã e do distrito de Terra Preta.

Cata Treco – A chamada operação Cata Treco, realizada com sucesso no ano passado, vai voltar ainda neste primeiro semestre, em visita a pelo menos 20 bairros. Essa iniciativa conta com auxílio de um caminhão, que recolhe o lixo formado por materiais inservíveis, bem como orienta as famílias quanto ao descarte de forma correta de móveis e objetos velhos, que podem se tornar focos de reprodução do mosquito.

Segundo o secretário da Saúde, Raphael de Souza, o combate à dengue e consequentemente aos criadouros do mosquito tem sido incansável e assim vai continuar durante todo o ano.

“Recebemos a missão do prefeito Aladim, dentre outras prioridades, de intensificar cada vez mais o trabalho de combate às doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, e temos feito isso com muito afinco, e os resultados têm sido positivos”, enfatizou Raphael.

O secretário lembrou também a importância dos moradores em colaborar mantendo seus quintais limpos, sem recipientes que possam acumular água, descartar o lixo de forma correta e permitir que os agentes façam a vistoria nos imóveis. (Cláudio Cipriani/CJ – Foto: Divulgação)