Mairiporã sobe em ranking que avalia informações fiscais e contábeis dos municípios

Mairiporã conquistou a nota B na edição 2023 (ano base 2022) do Ranking Siconfi (Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro), publicação anual da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) que avalia a qualidade das informações fiscais e contábeis dos municípios, estados e da União.

No governo municipal, a responsável pela área é a secretária da Fazenda, Silvana Francinete da Silva.

A cidade alcançou índice de 93,2% no desempenho contábil e melhorou sua avaliação, passando de nota ‘C’ para ‘B’, obtendo a 592ª colocação entre os mais de 5 mil municípios brasileiros. No ranking anterior, relativo a 2021, se encontrava na 1.653ª colocação, com índice de 87,5%. A colocação era ainda pior em 2020, 1.716º lugar,  com 84,2% e nota D.

Os municípios que recebem nota ‘A’ são aqueles que alcançam índice igual ou superior a 95%.

Região – Mairiporã obteve melhor avaliação que todas as outras cidades da região. Francisco Morato aparece na 1.438º lugar (89,3%), Franco da Rocha em 1.496º (89,0%), Cajamar em 2.068º (86,2%) e Caieiras na 2.180ª posição (85,6%).

Todos os cinco municípios estão dentro da margem percentual com a nota B.

Publicação – O Ranking da Qualidade da Informação Contábil e Fiscal no Siconfi – Ranking Siconfi – é uma publicação da Secretaria do Tesouro Nacional – STN – cujo objetivo é avaliar a qualidade da informação e a consistência dos relatórios e demonstrativos contábeis e fiscais que o Tesouro Nacional recebe, por meio do Siconfi – Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro, de todos os entes federativos, ou seja, da União, dos estados e dos municípios brasileiros.

A finalidade da publicação é fomentar a melhoria da qualidade e da consistência dos dados fiscais e contábeis enviados pelos entes e que são utilizados tanto pelo Tesouro Nacional quanto pelos diversos usuários dessa informação.

O Ranking é dividido em dimensões de avaliação. Cada uma dessas dimensões reúne um conjunto de verificações que têm o mesmo objetivo ou que sejam relacionadas às mesmas informações. Existem quatro dimensões de avaliação: Dimensão IGestão da Informação; Dimensão IIInformações Contábeis; Dimensão IIIInformações Fiscais e Dimensão IVInformações Contábeis x Informações Fiscais.

IGMA – Outro ranking divulgado esta semana, o Índice de Gestão Municipal Aquila (IGMA), plataforma de tecnologia e inovação desenvolvida pelo Instituto Aquila, que promove o “Ciclo Virtuoso do Desenvolvimento Humano’, Mairiporã também se destacou.

No quesito Governança, Eficiência Fiscal e Transparência obteve nota 70,09, ficando na 1ª colocação dentre as cidades da região e 8ª na Região Metropolitana. Em Educação, ficou com a nota 65,88, 3º lugar na região e 12º na Grande São Paulo e em Desenvolvimento Socioeconômico e Ordem Pública, nota 63,14, também 3º lugar na região e 26º na RMSP. (Salvador José/CJ – Foto: Correio Imagem)