Justificativa de falta ao Encceja 2022 pode ser feita até 14 de abril

Quem faltou à edição de 2022 do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) tem até o dia 14 de abril para justificar a ausência, caso queira realizar as provas neste ano, gratuitamente.

O participante que não justificar a falta também pode ser obrigado a pagar R$ 40 ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela prova. O valor é uma maneira de ressarcir a instituição pela inscrição na prova, que é sempre gratuita.

A justificativa deve ser acompanhada de documentos com data e assinaturas competentes que comprovem o motivo da falta ao Encceja 2022. O Inep vai analisar todas as solicitações e deverá divulgar o resultado a partir de 24 de abril, mesma data em que também será possível entrar com recurso. Todo o procedimento é realizado por meio do Sistema Encceja.

Se a justificativa de ausência for aprovada, o participante fica apto a se inscrever de forma gratuita no Encceja 2023, cujas inscrições deverão ser realizadas entre os dias 22 de maio e 2 de junho.

Realizado desde 2002, o Encceja permite a retomada da trajetória escolar por jovens e adultos que completaram os estudos na idade apropriada. Em caso de aprovação, o participante pode ter acesso a certificados de conclusão dos ensinos fundamental e médio. (Agência Brasil – Foto: Arquivo/ABR)