Indústria é o setor com mais contratações no primeiro quadrimestre em Mairiporã

 

O setor da Indústria de Transformação foi o que mais gerou empregos formais (com carteira assinada) no primeiro quadrimestre deste ano em Mairiporã.

O saldo positivo em 200 novas vagas foi resultado da contratação de 769 trabalhadores e o desligamento de 569. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Previdência. Na comparação com o mesmo intervalo de tempo em 2022, o aumento foi de 50%, já que naquela oportunidade foram registradas a criação de 101 postos de trabalho no setor.

O resultado global dos cinco principais setores da economia da cidade, entre janeiro e abril, tem saldo negativo em 19 empregos.

O maior empregador do município, no entanto, foi quem mais fechou vagas formais no período analisado: o setor de Serviços demitiu 147 trabalhadores, o pior resultado desde 2020. A Construção Civil, que mostrou recuperação no transcorrer do ano passado, iniciou 2023 com viés demissionário, fechando 20 vagas. Os outros dois setores apresentam resultados positivos, porém os menores dos últimos anos: o Comércio tem saldo de 1 trabalhador contratado entre janeiro e abril, enquanto a Agropecuária, que é o setor mais fraco da economia local, tem 2.

No primeiro quadrimestre de 2023 o mercado de trabalho formal da cidade contratou 2.920 trabalhadores e demitiu 2.901. (Wagner Azevedo – Foto: Parque Industrial de Terra Preta/Divulgação)