1º quadrimestre tem aumento dos indicadores e da produtividade policial em Mairiporã

Com os dados estatísticos oficiais divulgados pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-SP), referentes ao mês de abril, Bragança registrou ao final do primeiro quadrimestre um aumento de 12,1% na produtividade policial, na comparação com igual período do ano passado.

O combate aos crimes considerados mais violentos (tráfico, porte e apreensão de entorpecentes) foi ligeiramente maior em 2023, com 31 registros, ante 30 no mesmo intervalo de tempo do ano passado, que significa um enfrentamento maior das forças públicas de segurança.

Também cresceram os registros de menores infratores apreendidos em flagrante e por mandado (10 x 8), número de prisões efetuadas (102 x 96), número de veículos recuperados (59 x 45) e inquéritos policiais instaurados (349 x 216).

Por outro lado, houve recuo no número de porte ilegal de arma (1 x 2), armas de fogo apreendidas (5 x 18), flagrantes lavrados (61 x 79) e pessoas presas por mandado (44 x 45).

Nos dois períodos analisados, foram 723 intervenções das forças policiais de janeiro a abril deste ano, e 636 no primeiro quadrimestre do ano passado.

Contramão – Esse ligeiro crescimento na produtividade policial dos primeiros quatro meses do ano contrasta com os índices criminais monitorados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Estado de São Paulo, que também registraram aumento em sete, de um total de 13, divulgados mensalmente. Esse resultado elevou a violência em 13,2% em relação ao mesmo período de 2022.

Se comparado ao mês de março último, a criminalidade cresceu 19,8% na cidade em abril. (Salvador José/CJ)