Doriedson quer cópia do estudo que aprovou a implantação de semáforos

O VEREADOR do Rede, Doriedson Freitas, depois de cobrar o envio do contrato firmado com o Banco do Brasil, que liberou R$ 10 milhões para obras de infraestrutura, para conhecer os detalhes do negócio, na sessão de terça-feira, 9, através de requerimento, pediu o envio à Câmara de cópia do estudo e laudo de engenharia de tráfego avaliando as condições de trânsito, as características dos pedestres e a configuração física do local em questão, a fim de determinar se as instalações dos semáforos são justificáveis nos determinados locais.
Segundo o vereador, a população, em especial os motoristas, se dizem prejudicados com a instalação dos equipamentos, e que por isso necessita ver os estudos, certamente elaborados por algum engenheiro de tráfego, que em seus estudos justificou a medida adotada e que gera protestos diários de todos os segmentos da sociedade.
Após a implantação do equipamento na principal via da cidade (Avenida Tabelião Passarella) e ruas transversais, o trânsito, que já era caótico, ficou ainda pior. Motoristas levam tempo acima do esperado para percorrer um trajeto de aproximadamente 800 metros.
O vereador afirmou que uma análise do estudo é necessária para que seja comprovada a compra e instalação dos semáforos.

Comentários