O Energúmeno

Com os administradores municipais que temos tudo é possível, principalmente o imponderável, ou aquilo que se incorporou ao linguajar popular, imbecilidade plena.
E sobejamente sabido que qualquer título (boletos, carnês, contas diversas) que tenha a sua data de vencimento casualmente coincidente com sábado, domingo ou feriado, passa ter o vencimento no dia útil subsequente. Acho que isso vem desde Pedro Álvares Cabral, quando aqui aportou, lá por 1500.
Menos em Mairiporã quando o título é de responsabilidade da Prefeitura. Aliás, tudo em Mairiporã é difícil quando o governo municipal está metido no assunto.
Vamos lá! Tenho dois carnês de acordo de parcelamento do IPTU, com vencimento para o dia 10. Como dia 10 de março último foi domingo, fui até o Posto do Santander, no dia seguinte, que fica dentro do prédio da Prefeitura, para efetuar o pagamento. Qual não foi minha surpresa, ao receber do caixa, senhor Rosalvo, a informação de que não poderia efetuar o recebimento, pois era orientação da Prefeitura não receber fora da data, e que eu deveria ir até o departamento competente e solicitar um novo boleto para pagamento no dia 11/3.
Disse imediatamente que não iria, e que não sairia da fila sem pagar, pois o que estava me solicitando era um absurdo.
O senhor Rosalvo saiu do banco, foi até o departamento e lhe foi fornecido um novo boleto de pagamento para o dia 11, sem qualquer acréscimo. É ou não é um absurdo, uma imbecilidade. Modificam uma norma do cotidiano nacional, fazem o contribuinte de bobo e imprimem um novo boleto sem qualquer acréscimo, ou seja, paguei o mesmo valor do primeiro boleto.
Fico a imaginar o que essa gente é capaz de fazer quando o contribuinte não é tão esclarecido. Certamente o fazem de bobo, e obrigam-no a percorrer repartições públicas sem que isso seja necessário.
Com toda honestidade, não sei de quem partiu tal determinação, que vai contra decreto federal. Só sei que o responsável por isso, indiscutivelmente, é um energúmeno. Se o autor da façanha não souber o que significa energúmeno, vai aqui um trecho do Aurélio (dicionário): “Trata-se de um sinônimo masculino que quer dizer imbecil, ignorante, idiota, pateta, tonto, boçal, inepto, estúpido, tapado, besta, burro, estulto e abestado”.
Deu para entender?

Comentários