Nível do Cantareira segue abaixo dos 40%

Dados divulgados diariamente pela Sabesp indicam que o nível de água no reservatório do Sistema Cantareira, formado por seis represas, vai terminar no ano abaixo dos 40%.

Desde o início do ano, com a longa estiagem, o nível vem caindo e opera, há algum tempo, abaixo do cenário verificado em 2014, quando teve início a crise hídrica no Estado de São Paulo.

Os números relativos ao último dia 20 revelam que o volume útil de água é de 38,1%, com um total de 135,7 milímetros de chuva em dezembro e uma reserva de 374,2 milhões de m³. Há um ano, a capacidade de armazenamento era de 41,6%, com 55,6 milímetros de chuva e um volume útil total de 408,7 milhões de m³.

Alertas – Segundo os órgãos reguladores, como a ANA (Agência Nacional de Águas), os níveis atuais são classificados como ‘estado de alerta’. Se não houver nos próximos dias um volume maior de chuvas, haverá mudança para ‘estado de restrição’, que impõe reduções na retirada de água das represas.

Segundo a ANA, foram adotadas faixas de atenção de acordo com a capacidade de volume operacional: mais de 60% (normal), entre 40% e 60% (atenção), 30% e 40% (alerta), 20% e 30% (restrição) e menos de 20% (especial). (Juarez César)

Comentários