Crescimento populacional da cidade será menor a partir de 2040

O CRESCIMENTO populacional de Mairiporã, a exemplo das demais cidades brasileiras, será menor a partir de 2040, segundo estudos divulgados na última semana pela Fundação Seade.
De acordo com a Fundção, haverá queda gradativa no volume de nascimentos e aumento nos óbitos. Também foi levada em conta a taxa de fecundidade da mulher, que está baixa e em nível inferior aos dados de 2000. Se em 2016 o número por mulher no Estado era de 1,68, no estudo o indicador no futuro aponta média de 1,5 filho em 2050, tendência que segundo a Fundação não será revertida.
Mairiporã – A estimativa populacional para Mairiporã em 2050 é que nesse ano ela tenha 122.463 habitantes, com 61.858 mulheres e 60.605 homens. Desse montante, 31.849 serão de pessoas na faixa etária compreendida entre 60 anos ou mais, ou seja, 26% da totalidade. Também aqui as mulheres vão ser maioria (6.223 x 4.302).
Diferentemente do que ocorre hoje, a faixa entre 45 a 49 anos deixará de ser a mais populosa, posto que caberá às pessoas com idades entre 50 a 54 anos.
Até 2050 o crescimento populacional de Mairiporã vai ser menor a cada quinquênio. De 2035 para 2040, aumento de 2,69%; de 2040 a 2045, de 1,71%, e 2050, na comparação com cinco anos antes, de 1,37%.
A projeção é que a cidade tenha 115.648 habitantes em 2035, que será de 118.766 em 2040, de 120.801 em 2045 e de 122.463 em 2050.

Comentários