Vereadores votam o Orçamento na terça e elegem novo presidente no dia 11

SEM conseguir sensibilizar a sociedade durante o decorrer de 2018, a Câmara realiza as duas últimas sessões do ano, antes do recesso legislativo, nos dias 4 e 11 de dezembro. Na primeira, será ‘discutido’ e votado o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA), que estima receita e despesas da Prefeitura para 2019. A previsão é de R$ 255,4 milhões, que em relação ao orçamento vigente sofrerá um reajuste de 4,3%.
Mais uma vez os recursos para investimentos ficam com a fatia menor, que não chega a 4% do valor global.
Por outro lado, a Câmara Municipal terá à disposição R$ 9,1 milhões para suas despesas e a Previdência Municipal R$ 24 milhões. Educação e Saúde estão contempladas com as maiores fatias do total previsto, porém com aumentos menores aos concedidos à Secretaria de Mobilidade Urbana e Segurança.
A votação no dia 4 antecede a última sessão do ano, no dia 11, quando a totalidade do tempo dos trabalhos será dedicada à escolha do presidente da Casa para os próximos dois anos. Há indicativos de que haverá disputa em plenário.
O recesso parlamentar vai do dia 15 de dezembro até 5 de fevereiro, data da primeira sessão ordinária de2019. O expediente da Câmara também cessa, com retorno no dia 2 de janeiro.

Comentários