Petrobras sobe preço do gás de cozinha em 8,5%

O NOVO reajuste aplicado ao preço do gás de cozinha (botijão de 13 quilos), de 8,5%, nas refinarias, vai impactar o preço final do produto ao consumidor. As primeiras estimativas apontam que a unidade deverá ultrapassar R$ 80 nas revendas e novamente a desvalorização do real frente ao dólar foi um dos fatores , segundo a Petrobras, para o aumento.
O valor final do botijão, no entanto, não é o único determinante. Também são levados em conta a liberdade de se praticar preços, pois não há tabelamento, além da incorporação dos impostos e outros custos pelas distribuidoras. Além, claro, do lucro.
Em Mairiporã algumas revendas, para evitar preços altos, adotaram a prática de reduzir o preço para retirada no local, ou seja, sem a utilização da entrega em domicílio, que também tem impacto no preço final.
A reportagem percorreu algumas revendas e constatou que o menor preço praticado para o botijão de 13 quilos é de R$ 60,99, enquanto o maior de R$ 77,00, diferença de 26,2%. Para a retirada nos pontos de venda a média de preço é de R$ 64.

Comentários