Número de buracos aumenta por toda a cidade

Uma das principais artérias da cidade, a Rua Ipiranga, no centro, está entre as vias que mais colecionam buracos em Mairiporã. Tem de todos os tamanhos e para todos os gostos. Alguns, mais avantajados, já receberam a denominação de ‘crateras’. A Secretaria de Obras, responsável pela malha viária, não informa se tem projeto para recuperar o pavimento asfáltico, nem se há intenção de realizar operação tapa-buraco. Alvo de reportagem deste semanário há alguns meses, a principal avenida da cidade, a Tabelião Passarella, também se encontra em estado de abandono. Essa situação vem desde o ano passado. Outras tantas enfrentam o mesmo problema, o que gera revolta na população, pois provocam danos em veículos e colocam em risco a integridade física das pessoas.

Comentários