Metade das escolas municipais e estaduais alcançou a meta do Ideb em Mairiporã

A NOTA de Mairiporã no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) 2017 ficou muito próxima da meta, segundo divulgação do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), feita na semana passada. Nas escolas municipais (4º e 5º anos) o desempenho foi melhor, com 6,2 de avaliação, para uma meta de 6,3. Nas estaduais (8º e 9º anos) a diferença foi de 0,1: obteve 5,0 para a meta de 5,1. Mesmo com a proximidade da nota estabelecida pelo Inep, Mairiporã acabou considerada abaixo da meta. Nem todas as escolas receberam nota, inclusive a mais antiga delas, a Hermelina de Albuquerque Passarella. De acordo com o Ideb, a participação de alunos foi insuficiente para receber a avaliação.
Das mais de 40 escolas municipais, 15 apareceram entre que receberam pontuação, enquanto na esfera estadual foram 6, de um total de 14.
Das unidades municipais, exatamente a metade, 8, alcançou a meta: Armando Pavanelli, Divina do Nascimento, Edmea Chamma, Elisa Negri, Marilha Oliveira Pinto, Moacyr Arcanjo dos Santos, Nicolau Pinto da Silva e Prefeito Sarkis Tellian.
Entre as estaduais, também a metade apresentou nota positiva: Arthur Weingrill, Maria Zeza Gomes de Oliveira e Odarico Oliveira Nascimento.
A lista nacional traz 9.597 escolas, sendo 8.510 estaduais, 135 federais, 101 municipais e ainda 851 instituições privadas de ensino.
Melhores – A maior nota obtida foi da escola Mufarrege Salomão Chama, 7,0, porém ficou abaixo da meta proposta, de 7,1. A maior variação positiva foi da Moacyr Arcanjo dos Santos, que aumentou sua pontuação em 1,1 dentre as municipais e Arthur Weingrill entre as do Estado, que aumento 1,3.

Comentários