Dia da Padroeira de Mairiporã tem programação especial

AS HOMEAGENS a Nossa Senhora do Desterro terminam neste domingo, 16, com a missa da padroeira às 16 horas e em seguida a procissão evangelizadora. Na chegada à Igreja Matriz, coroação de Nossa Senhora e benção do Santíssimo. Espera-se que milhares de fiéis acompanhem o trajeto, e por conta disso várias ruas da região central serão interditadas.
Na data consagrada à santa, neste sábado, 15, o programa prevê terço dos homens às 18h15, entrada da padroeira e os oratórios às 18h50 e missa da novena com benção do Santíssimo às 19 horas.
Durante todos os dias das festividades, quermesse com shows musicais.
História – A devoção à santa data do nascimento de Jesus, conforme narra São Mateus em seu Evangelho (Mt. 2,13-23), quando a sagrada família teve que fugir para o Egito, por causa da perseguição do rei Herodes. Nossa Senhora permaneceu certa de quatro anos fugitiva, desterrada no Egito.
A santa se tornou a devoção dos refugiados. Na Itália, é a Madona degli Emigrati, a Mãe dos imigrantes.
A então capela de Nossa Senhora do Desterro em Mairiporã data de 14 de janeiro de 1871, e em seu derredor surgiu a cidade.

Comentários