Em outubro, eleitor pode escolher o presidente entre 13 candidatos

EM 29 anos de eleições diretas para escolha de presidente da República, nunca o País teve um número tão grande de candidatos. São 13 os postulantes ao mais alto cargo da Nação, inferior apenas aos 22 concorrentes de 1989, a primeira depois da volta da democracia.
O leque de opções traz políticos conhecidos do eleitor brasileiro, pois todos ocupam ou ocuparam cargos eletivos ou como dirigentes partidários.
Saíram das convenções os nomes de Geraldo Alckmin (PSDB), Jair Bolsonaro (PSL), Maria Silva (REDE), Henrique Meirelles (MDB), Álvaro Dias (PODEMOS), Ciro Gomes (PDT), Cabo Daciolo (PATRIOTA), Guilherme Boulos (PSOL), João Amoedo (NOVO), João Goulart Filho (PPL), José Maria Eymael (DC), Vera Lúcia (PSTU) e um candidato pelo PT, que ainda não foi definido.

Comentários