Cidade tem 53,3 veículos para cada cem habitantes

MAIRIPORÃ é uma das cidades com menos de 100 mil habitantes com maior número de veículos – incluindo carros, motos, ônibus, caminhões, tratores, quadriciclos e até reboques. Os 51.019 veículos registrados na cidade, em abril deste ano, pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), confirmam que, a cada ano, mais e mais veículos circulam pelas ruas do município. Na última década, a frota teve aumento de 114%.
Neste ano, enquanto o Brasil atingiu a marca de 47,28 veículos para cada cem habitantes e o Estado de São Paulo de 63,06 veículos para cada cem habitantes, Mairiporã garante taxa de motorização maior que a do País, com 53,36 veículos para cada cem habitantes.
Para os especialistas em estudos sobre trânsito, transportes e logística, o índice tem aspectos positivos e negativos. “Do ponto de vista econômico, mostra que a cidade tem bom rendimento individual, que permite a compra de veículos. Por outro lado, do ponto de vista da sustentabilidade, mostra que a cidade está investindo no transporte individual motorizado em detrimento de outras opções sustentáveis, como o transporte coletivo e o individual não motorizado.”
Afirmam, ainda, que é possível comparar cidades quando o número de habitantes é levado em consideração, na chamada taxa de motorização, porém as características de cada município devem ser avaliadas. Qualidade do transporte público, poder aquisitivo da população e topografia são fatores que influenciam na quantidade da frota de uma cidade.
O alto número de motorização é incentivado pelo governo federal através das facilidades para se comprar veículos, por meio de parcelamentos, descontos e redução de impostos. E diante disso, as cidades nada podem fazer para influir diretamente no processo.

Comentários