Conta de água da Sabesp mais cara a partir de novembro

A PARTIR de novembro o custo da água vai ficar 7,88% mais caro para os consumidores da Sabesp. O anúncio foi feito segunda-feira, 9, e o aumento foi autorizado pela Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado (Arsesp).

Com as novas tarifas, o consumo mensal de até 10m³ para o consumidor residencial social passará de R$ 7,59 para R$ 8,19, aumento de R$ 0,60. Para residências da classe normal, o mesmo consumo vai custar R$ 24,15, aumento de R$ 1,77 em relação ao valor atual, de R$ 22,38.

Nos segmentos comercial e industrial, também até 10m³/mês, o valor aumenta de R$ 44,15 para R$ 48,50.

A esses valores serão acrescidos os custos do tratamento de esgoto, que correspondem a 100% do valor da água.

O reajuste faz parte da revisão tarifária da Sabesp, feita a cada quatro anos.

Comentários