Revendas de Mairiporã não aumentaram o preço do gás

O PREÇO do botijão de 13 quilos do gás de cozinha não sofreu qualquer reajuste nas revendas de Mairiporã. Levantamento feito pela reportagem constatou que a unidade continua a ser vendida por R$ 65 para retirada na revenda e R$ 68 para entrega em domicílio na região central da cidade.
A expectativa era que houvesse aumento, pois a Petrobras anunciou na sexta-feira, 4, um reajuste de 6,9%, em média, para as distribuidoras, porém sem incidência para o gás de uso industrial ou comercial.
Embora o preço do botijão possa ser reajustado mensalmente, todo dia 5, em Mairiporã isso se registrou apenas uma vez, em junho, quando o aumento foi de 8,3%. Refinarias e revendas podem repassar ou não os aumentos dos combustíveis e derivados.
A expectativa do mercado, no entanto, é que até o final do ano, diante dos reajustes mensais, o botijão residencial chegue a custar R$ 100 a unidade.

Comentários