Prefeito retrógrado

O prefeito Antônio Aiacyda chega a ser surpreendente de tão desconexo que é. Longe de representar um governo preocupado com os avanços que a cidade espera, toma decisões que vão desde transformar o novo hospital em depósito de materiais, passando pelo ensaio da volta da feira e do varejão (este já voltou) ao Espaço Viário Mário Covas, também conhecido como parque linear, até chegar às tecnologias avançadas na hora de cobrar o ITPU do contribuinte.

A população está uma ‘arara’ com o prefeito diante das modificações no pagamento do imposto. Ao invés de facilitar, complicou e os carnês e boletos não podem ser pagos diretamente nos caixas dos bancos e elegeu apenas três deles, mas através do sistema eletrônico, em que o recolhimento pode ocorrer. Ou seja, os demais bancos foram alijados por vontade e obra do prefeito.

Na tentativa de oferecer ‘comodidade’ ao contribuinte, escolheu alguns estabelecimentos comerciais onde o pagamento pode ser efetuado, porém em dinheiro vivo.

Ocorre que se você se dirigir ao caixa dos bancos conveniados, também não pode quitar o imposto. Em resumo: o IPTU somente pode ser pago no caixa eletrônico dos bancos conveniados ou nas Casas Bahia em dinheiro. Isso tudo para facilitar o contribuinte.

O que se pode deduzir desse comportamento do prefeito é que vamos experimentar, e que ninguém duvide disso, um retrocesso sem precedentes nos próximos quatro anos. Só quem não enxergou foram os eleitores que trouxeram de volta o prefeito ao cargo.

Quem quiser pagar IPTU em Mairiporã ou escolhe os três bancos conveniados, mas paga no caixa eletrônico ou leva dinheiro ‘vivo’ até um estabelecimento comercial, correndo o risco de ser assaltado.

Caros leitores, o prefeito é um homem retrógrado que, em tempos modernos, utiliza a avançada tecnologia para dificultar a vida dos munícipes, adversamente de seus antecessores, que não ousaram chegar a tanto.

Bom mesmo seria, diante da dificuldade em se pagar o IPTU, que todos resolvessem não pagá-lo, até que uma fórmula simples fosse disponibilizada ao contribuinte de Mairiporã.

Comentários