Mairiporã elimina 207 empregos em oito meses

SEGUINDO o saldo negativo de julho na geração de emprego, Mairiporã finalizou o mês de agosto registrando o fechamento de 37 novos postos de trabalho, sendo 398 admissões contra 437 desligamentos. Os números são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), órgão do Ministério do Trabalho, divulgados na sexta-feira (23).
Os setores que contribuíram para esse resultado foram a Indústria de Transformação (-43), a Extrativa Mineral (-4), e o setor de Serviços (-34). de comércio (98), serviços (146) e agropecuária (14). As admissões se concentraram no Comércio (+29) Construção Civil (+10) e Agropecuária (+1).
De janeiro a agosto deste ano o setor de Serviços foi quem mais demitiu, com o fechamento de 119 postos, seguindo-se a Indústria de Transformação (-38) e a Construção Civil (-35).
Apesar dos números positivos dos dois últimos meses, no acumulado do ano o resultado é negativo: desde janeiro, a cidade registrou 62.631 demissões ante 61.177 admissões, o que gera uma perda de 1.454 vagas nesse período.
Somente neste ano Mairiporã fechou 207 empregos, enquanto nos últimos doze meses esse número sobe para 595 vagas.
Região – Nas cidades que integram a região, apenas Mairiporã e Caieiras registraram queda na geração de empregos. Os outros três municípios (Cajamar, Francisco Morato e Franco da Rocha), pelo segundo mês consecutivo, mais contrataram do que demitiram.

Fonte: cbn

Comentários

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *