Mairiporã já demitiu 699 trabalhadores em um ano

A CRISE no país também teve reflexos negativos nas cinco cidades da região (Mairiporã, Caieiras, Franco da Rocha, Francisco Morato e Cajamar), que demitiram trabalhadores e fecharam 5.247 postos de trabalho formal (com carteira assinada), no período de 12 meses encerrado em maio último.
Os dados são do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgados pelo Ministério do Trabalho. Diferentemente dos registros dos últimos anos, a Indústria de transformação não foi o segmento que mais demitiu (1.600 cortes), mas o de Serviços (2.130), seguido pelos setores do comércio (2.003) e construção civil (391).
No mês de maio Mairiporã fechou 26 postos de trabalho, e entre janeiro e maio o saldo ficou negativo em 94 vagas. Nos últimos doze meses 699 trabalhadores foram demitidos. Nesse período foram cortados 323 postos na Indústria, 76 na Construção Civil, 101 no Comércio e 204 em Serviços.
Mesmo com a perspectiva de retomada da confiança por parte de empresários, o mercado de trabalho na região expulsou 5.247 pessoas nos últimos doze meses. Só maio deste ano, no mercado de trabalho de Mairiporã, foram 94 demissões, enquanto no mesmo mês do ano passado o total foi negativo em 7 postos, aumento de 1.242%.

Comentários

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *