Gastos com a Covid-19 em Mairiporã chegam quase a R$ 20 milhões

CIDADE TEVE O MAIOR GASTO POR CASO NA REGIÃO

MAIRIPORÃ está muito próximo de alcançar a casa dos R$ 20 milhões como enfrentamento da pandemia do novo coronavírus, após atualização dos dados de novembro feita pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-SP). O gasto total é de R$ 19,46 milhões, porém a despesa contratada com dispensa de licitação é maior: R$ 19,58 milhões.

Esses números revelam que cada caso confirmado da doença no município teve um custo de R$ 9.178,61, o maior dentre todas as demais cidades da região, cujas populações são maiores. As despesas representaram 7,59% da receita de Mairiporã.

No total foram repassados à Prefeitura R$ 24,04 milhões, divididos entre Estado (R$ 3.307.176,23) e União (R$ 20.731.621,52). Outra informação é que o total de exames coletados, 5.291, foi o segundo menor, na comparação com os outros quatro municípios. Por fim, a taxa de letalidade ficou em 3,73%.

Foram gastos elevados, se considerados o total de casos confirmados da Covid-19 e o de óbitos.

Região – Os gastos totais nas demais cidades da região, segundo o TCE: Caieiras (R$ 8,24 milhões); Cajamar ($ 14,73 milhões); Francisco Morato ($ 21,15 milhões) e Franco da Rocha (R$ 25,77 milhões).

Enquanto em Mairiporã cada caso confirmado custou R$ 9.178,71, nas outras cidades esses gastos foram menores: Caieiras (R$ 2.847,56); Cajamar (R$ 8.433,77); Francisco Morato (R$ 5.878,09) e Franco da Rocha (R$ 7.650,58). A ressaltar que todas as cidades, exceção feita a Mairiporã, tiveram um número de casos bem maiores, com custo unitário menor.